Auxiliar de limpeza Copeira e Ajudante Geral Empresa de Limpeza de Escritórios Empresa de Limpeza de Sala Comercial Empresa de limpeza e conservação Empresa de Terceirização de Serviços Facility Management Facility Manager Facility service Facility services Gestão de Custos Limpeza comercial Limpeza Comercial e Residêncial Limpeza de escritórios Limpeza loja de shopping Limpeza terceirizada O que faz uma copeira portaria Portaria e Limpeza Portaria e Segurança Serviço de Portaria Terceirização de Serviços

Check-list de limpeza e conservação em imóveis corporativos!

Engana-se quem acredita que a boa usabilidade de um edifício corporativo diz respeito apenas à forma como ele foi construído. Na realidade, tão importante quanto projetar ou adaptar uma construção é ter uma rotina de cuidados para manter o ambiente agradável, seguro e conservado.

Neste contexto, entra em cena um conceito em plena expansão nos últimos anos: a gestão de facilidades — ou Facility Management. Tal expressão está intimamente ligada às novas tendências do mercado, que cada vez mais reconhece a importância da formulação de imóveis corporativos mais adequados para o uso, cujos ambientes reforçam o bem-estar, a produtividade e a motivação dos funcionários.

Então, já parou para avaliar se as instalações da sua empresa estão conservadas? Pois saiba que ambientes limpos, organizados e agradáveis podem refletir diretamente na produtividade dos colaboradores.

Por isso, pensando em ajudar, elaboramos este checklist, mostrando alguns pontos de atenção na conservação de imóveis corporativos. Acompanhe:

1. Limpeza dos ambientes

Um dos pontos mais importantes para garantir o bem-estar dos usuários de um imóvel corporativo é a sua limpeza. Quando se trata de edifícios com grande fluxo de pessoas, a limpeza deve ser uma prioridade, dada a velocidade com que áreas de circulação podem acumular sujeira, como corredores e salas de reunião.

Além disso, os banheiros também devem ser alvo de manutenções contínuas, a fim de manter a boa higiene do local e também a usabilidade e a durabilidade dos itens que o compõe. Por exemplo: louças e revestimentos que não são higienizados com regularidade em pouco tempo podem apresentar um aspecto de deterioração, o que não é muito agradável para quem utiliza o espaço.

2. Reparos na iluminação

Em locais voltados para o trabalho, uma iluminação adequada certamente está entre os itens mais relevantes para garantir o conforto do ambiente e a sua produtividade. Por isso, manutenções nas instalações elétricas, substituição de lâmpadas, entre outros cuidados, devem fazer parte da rotina de manutenções de qualquer edifício.

Esse trabalho também deve ser estendido para os ambientes externos, já que uma iluminação deficiente de pátios e estacionamentos podem trazer sérios riscos à segurança patrimonial e pessoal de quem utiliza as instalações, principalmente no período noturno.

3. Manutenções externas

Cuidados com a parte externa do edifício também devem incluídos no cronograma de manutenções preventivas e preditivas da instalação. Fachadas, vidraçarias, telhados e calçadas necessitam de reparos e limpeza frequentes.

Em muitos casos, esse tipo de manutenção não é tão simples de se executar. Por exemplo, a limpeza de fachadas mais altas, assim como vidraçarias, demanda a utilização de equipamentos próprios, para garantir tanto a execução de um serviço adequado quanto a segurança dos trabalhadores. Por isso, o mais recomendado é delegar esse trabalho para uma empresa especializada.

4. Áreas verdes

É comum haver áreas verdes em edifícios corporativos, tanto interna quanto externamente. Esses espaços, além de melhorar a estética, também proporcionam uma sensação de tranquilidade e conforto climático, especialmente em áreas abertas. Por isso é tão importante mantê-los em bom estado.

A manutenção de jardins, gramados ou estacionamentos que possuem árvores, por exemplo, deve ser realizada com regularidade. Serviços como poda, irrigação e limpeza, são indispensáveis para manter as áreas verdes esteticamente agradáveis e condizentes com a imagem, o nível de organização e o cuidado da empresa.

5. Controle de pragas

Insetos e outras pragas podem se tornar um grande problema em imóveis corporativos, sobretudo quando não há um controle adequado desses invasores. Desse modo, é fundamental dedicar parte dos recursos da manutenção predial para essa atividade, que deve ser frequente.

Nesse quesito, é necessário ter atenção com as partes do ambiente em que há pouca circulação de ar e baixa luminosidade, a exemplo de depósitos e almoxarifados. Esses locais costumam servir de abrigo para uma variedade de insetos, caso limpezas rotineiras não sejam realizadas.

Além disso, o telhado também pode abrigar alguns invasores, como é o caso dos pombos — aves comuns em grandes cidades. Por esse motivo, é essencial avaliar a situação do telhado, substituindo telhas quebradas e cobrindo orifícios que podem servir de entrada e abrigo desses animais.

6. Coleta de lixo

O lixo é um dos pontos mais sensíveis na manutenção de instalações corporativas. Isso porque a quantidade de detritos gerada diariamente pode ser grande, o que demanda uma logística eficiente para manter todos os ambientes sempre limpos.

Desse modo, somado aos cuidados de limpeza, é essencial tomar uma série de cuidados com a coleta e com o tratamento do lixo. O recomendado é que, por questões de sustentabilidade, essa coleta seja a mais seletiva possível e dê a destinação correta para cada tipo de resíduo.

Nesse ponto, vale destacar que em certos edifícios, a exemplo dos hospitais, a coleta de lixo deve ser executa de uma maneira totalmente diferenciada, empregando protocolos, equipamentos e pessoal qualificado, de modo a evitar qualquer risco de contaminação.

7. Sistemas de Ventilação

Dentro dos expedientes de manutenção predial, é muito importante também garantir a limpeza e a conservação dos sistemas de ventilação e climatização.

Em um país de clima quente, como o Brasil, e com a qualidade do ar das cidades cada vez pior, é fundamental cuidar para que a ventilação e a temperatura das instalações privilegie o conforto no trabalho. Para isso, manutenções em sistemas de ventilação, dutos de passagem de ar, bem como em aparelhos de ar condicionado devem ser parte da rotina.

Mais uma vez, é preciso pontuar que esse tipo de cuidado na conservação deve ser feito de forma adequada e segura, o que demanda mão de obra especializada. Por isso, a terceirização desses serviços representa diversas vantagens, como apoio técnico especializado para cada área, maior eficiência dos trabalhos, utilização de técnicas e equipamentos corretos, além de um excelente custo-benefício.

Como vimos, a conservação predial deve estar entre as preocupações de toda empresa, pois, além de promover a qualidade e o conforto das instalações, também eleva o bem-estar de todos aqueles que ali trabalham e circulam. Além disso, é um fator que impacta diretamente na durabilidade dos imóveis corporativos, reduzindo custos com manutenções corretivas.

Então, deseja melhorar a usabilidade das instalações da sua empresa e prolongar a sua vida útil? Temos as soluções ideais para cada uma das suas necessidades. Entre em contato com a nossa empresa e conheça todos nossos serviços!

orçamento-de-site-no-ipiranga-1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: